O tempo

Hoje faz 4 anos que tive que despedir dos meus velhos amigos na cidade de Varginha e então à caminho de um futuro certo ou incerto. Não me arrependo de nada que deixei e sempre acreditei que Deus teve um propósito sobre todos os meus planos e sonhos. Sobre todas as pessoas que passaram e que estão no meu caminho hoje.

Eu só agradeço à Deus por ter tido a coragem, a garra, determinação e principalmente o apoio da minha família para chegar até aqui. Quando alguém me pergunta se gosto de Portugal ou do Brasil, eu olho nos olhos, deixo o meu sorriso e respondo: HOJE TENHO UM CORAÇÃO DIVIDIDO.

As terras lusitanas têm sido a minha segunda casa e não tenho dúvida que amo este país.

Obrigada à todos os meus amigos Varginhenses (brasileiros) e todos os meus amigos Portugueses e não, por existirem na minha vida e se tornado especiais.

«Não se preocupe, não tenha pressa… O que é seu encontrará um caminho pra chegar até você. Deus não demora, Ele capricha!»

[Caio Fernando Abreu]Imagem

16 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Simples assim

Prender um movimento e capta-lo para a eternidade, é assim que transformo minhas imagens numa fração de segundo. Tento guardar em forma física aquilo que a minha mente aprecia ver, tornando perecível.

Imagem

Contudo, eternizo o momento registando algo que de alguma forma poderia se perder.

Deixe um comentário

maio 24, 2013 · 1:49 pm

Trechos do livro: “Doidas e Santas” da escritora e cronista Martha Medeiros.

“A vida e a espera por um telefonema, a vida e seus “blefes”, e nosso cansaço, e nossos sonhos, e a rotina e as trivialidades, e tudo que parecerá sem graça se ninguém colocar um pouco de poesia no olhar.”

“Uma vida interessante é menos burocrática, mas exige muito mais.”

“Quantos metros precisamos percorrer, quantos dias devemos esperar, em que momento de nossa vida irá se realizar o nosso maior sonho e, uma vez realizado, teremos sensibilidade para identificá-lo?”

“Podemos viver muito bem sem cultura, mas a vida perde em encantamento.”

“Quem, além de você, vai alcançar a dimensão das suas pequenas vitórias particulares? Contemplar um lago, rever um amigo, rezar para seu próprio deus, ver um filho crescer, perdoar, gostar de si mesmo: tudo isso é gigantesco para quem ainda sabe sentir.”

“Porque através do sonho a pessoa que se foi nos faz uma visita. Pode até ser uma visita aflitiva, mas a pessoa está de novo ali, ela está interagindo, ela está sorrindo ou está calada, ou está dançando, ou escapando de nossas mãos, mas ela está acontecendo em tempo real, que é o período em que estamos dormindo, e que faz parte da vida, e não da morte.”

“O fato de transgredirmos nossas próprias regras só demonstra que estamos conscientes de que a cada dia aprendemos um pouco mais, ou desaprendemos um pouco mais, o que também é amadurecer.”

“Entre sobreviver e viver há um precipício, e poucos encaram o salto.”

“O simples nunca foi fácil, muito menos para quem possui um coração no lugar onde tantos possuem uma pedra de gelo.”

“Porque ficar triste é comum, é um sentimento tão legítimo quanto a alegria, é um registo da nossa sensibilidade, que ora gargalha em grupo, ora busca o silêncio e a solidão. Estar triste não é estar deprimido.”

“Melhor do que se preocupar com um happy end ou com um unhappy end é desejar que tudo tenha uma continuidade, estejamos sós ou acompanhados.”

“Felicidade é a combinação de sorte com escolhas bem feitas.”

“Somos a soma das nossas decisões. Tudo envolve o nosso lado racional, até mesmo escolhas afetivas.”

Imagem

“Ninguém é muita areia para ninguém. Pessoas aparentemente especiais se apaixonam por outras aparentemente banais e isso não é um trote, não é uma “pegadinha”, não é nada além do que é: um inesperado presente da vida, que todos nós merecemos.”

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Pensamento do dia

A minha escrita pode até ser considerada como grãos de areia para muitos, mas são individuais para mim. Imagem

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Leve – Próspero – Feliz

Hoje eu tive um dia produtivo. Como é fascinante fazer aquilo que gostamos, conhecer o desconhecido e fazer das oportunidades mil ideias.

O modo que eu tenho encarado a vida, o meu relacionamento com as pessoas e os assuntos que tenho tratado, tem  contribuído para que as minhas metas estejam ligadas positivamente.

Penso que a vida é como na metáfora – as teias das aranhas- , elas tem uma base forte que se ligam uma na outra. E, se pretendo ter um futuro leve, próspero e feliz, tenho a necessidade de ligar ao mundo com boas intenções, garra e principalmente trabalho.

Imagem

On ou Off?

De que lado queremos estar?

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Brasil visto por um francês… E não é que ele tem razão em muita coisa?

Brasil visto por um francês… E não é que ele tem razão em muita coisa?.

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

O pulsar da alma

O pulsar da alma

Viajar pelos pensamentos, sentimentos e palavras.

Deixe um comentário

abril 14, 2013 · 11:34 pm